domingo, 22 de outubro de 2017

ANO DO RENASCIMENTO DA LIGA UNIÃO!

No último sábado aconteceu em Bela Vista do Paraíso a última etapa da Liga União no ano de 2017. E para fechar com chave de ouro o belíssimo ano para o norte do Paraná, nada menos que 25 botonistas estiveram presentes.
Com a bolinha rolando a Série C contou com a presença de 11 botonistas que foram divididos em 3 grupos de 4. Na segunda fase os 4 melhores disputariam o quadrangular final, já garantidos na Série B.
Com isso, Costelinha (C. Antonio Raminelli) que desde o começou do ano mostrou grande evolução sagrou-se campeão, superando Kauan, seu colega de equipe. Os mais experientes Denis (LEC Futmesa) e Tiago (C. Antonio Raminelli) completaram o seleto grupo.

SÉRIE B
Devido a inúmeras ausências a Série B contou com somente 6 botonistas. Ou seja, a tranquilidade pairou sobre os atletas: não haveria rebaixamento. Porém, a briga pelo acesso foi até a última rodada e de forma emocionante.
Na última rodada todos brigavam pelo acesso e pelo título. Melhor para Fernando (QPG) que superou Leonardo (Belavistense) em uma “final” pelo placar de 5x4. Luan (Belavistense) que dependia somente de si para o título, acabou perdendo para Snarf (LEC) por 4x3, no entanto, o resultado não foi suficiente para o acesso de Snarf que precisava somente de mais um gol. Assim, Luan acabou subindo em terceiro.
Para completar, Flavinho (Belavistense) acabou ficando com o quarto lugar, voltando para a Série A em 2018.

SÉRIE A
Diferentemente da Série B, na elite tivemos a briga pelo título e também a briga pelo rebaixamento.  Com apenas 8 botonistas na divisão, a briga poderia ser ao mesmo tempo para o título e para o rebaixamento.
Assim foi com Lucas (LEC) ao perder o gol da vitória no sino contra Jeferson (Belavistense), 4x4 no placar e ameaça de rebaixamento.
A última rodada contou com confrontos diretos. Lucas, citado anteriormente enfrentou Maicon (QPG) que pagou pelo seu mal inicio. Durante o tenso jogo que perdesse acabaria rebaixado. Pior para Maicon que viu o seu adversário vencer pelo placar de 5x4.
Outro confronto direto era Birigui (LEC) e Rony (Fênix). Rony em situação delicada necessitava da vitória, que não veio. No final, 3x3 no placar e Birigui a salvo.
Na parte de cima, Jeferson (Belavistense) e Paulo Cesar (Fênix) jogavam pelo título. O empate não interessava nenhum deles, o vencedor comemoraria o último título do ano, no norte paranaense. No fim, a experiência prevaleceu 4x3 para Jeferson, sagrando-se campeão.
Sebá (QPG) ao vencer o cavalo paraguaio, Vitinho (Fênix) pelo placar de 4x0, acabou ficando com a segunda colocação.



O ano se encerra da melhor maneira possível. A LIGA UNIÃO no começo do ano estava desacreditada, com etapas com 10 pessoas e no ano de 2017 TODAS AS ETAPAS BEIRAVAM A 30 INSCRITOS. Futebol de mesa não pode viver somente de títulos e desempenhos em nacionais, pois isso uma hora acaba. A renovação precisava ser feita e estamos no caminho certo. 

Um comentário:

Marcos Costa De Souza disse...

Parabéns a todos os envolvidos em mais um grande evento.