domingo, 18 de fevereiro de 2018

2018 PROMETE!




34 botonistas 

O ano de 2018 começa prometendo e muito para o futebol de mesa de Londrina e região. Parece que o campeonato brasileiro a ser realizado na cidade motivou ainda mais os botonistas locais e, com isso, nada menos do que 34 estiveram presentes no torneio inicio.

O torneio aconteceu em Bela Vista do Paraíso, na AABB local e contou com o retorno de inúmeros botonistas que há tempos andavam sumidos como Inseto, Pedro Prando, Leandro e outros.

Com a bolinha rolando houve a divisão em seis grupos com seis atletas em cada. Os melhores seguiam para as quartas de final da Ouro, Prata, Bronze e Extra, de acordo com suas colocações na primeira fase.

EXTRA

                        Na série Extra Dênis (Fênix) em seu primeiro grande torneio conquistou o título após vencer na grande decisão o seu companheiro de equipe Tiago (Fênix) pelo placar de 4x1. Costelinha (AR) que vem demonstrando um grande talento acabou ficando com terceiro lugar da série.

Extra

BRONZE

                        Na Série Bronze, Fabiano (QPG) jogando bem e com excelente média de gols marcados conquistou o primeiro titulo do dia para a fortíssima equipe do Quintapugol. Na final, o popular João Barriga derrotou Léo (Belavistense) pelo placar de 6x4. Snarf (Fênix) mostrando que os treinos valeram a pena conquistou o terceiro lugar ao vencer Joel (QPG) pelo placar de 3x1.

Bronze

PRATA

                        Na Série Prata tivemos partidas disputadíssimas e dois jovens botonistas na grande decisão. Vitinho (Fênix), sub 18, mantendo a boa regularidade chegou a grande decisão contra o seu companheiro de equipe Pedro Prando (Fênix). Melhor para Pedrinho, 6x4 e o título logo no seu retorno.

                      O vice campeão paranaense de 2017, Danilo (QPG) teve de se contentar com o terceiro lugar da Série ao vencer Inseto também pelo placar de 6x4. Inseto mostrou que os anos afastados não tiraram o seu talento para o futebol de mesa.

Prata

OURO

                        Na Série Ouro tivemos a presença dos oito melhores botonistas do torneio. Pelas quartas de finais, os vascaínos se deram mal. Ednilson estava invicto, porém acabou derrotado por Maicon (QPG), 5x4. Enquanto isso Victor acabou sucumbindo diante de Jeferson (AR), 4x3. Nas outras duas partidas Leandro (QPG) em dia impecável superou Rony (Fênix) 6x3, enquanto Paulinho (Fênix) venceu o visitante Fabricio (QPG) pelo placar de 8x5.

                     Com as semi finais definidas o que se viu foram vitorias convincentes. Leandro Campos não tomou conhecimento algum de Maicon e venceu pelo placar de 8x1. Paulinho não desempenhou o mesmo jogo das outras partidas e perdeu para Jeferson, 4x1.

                          Na grande decisão tivemos um jogo truncado, com poucos gols. Leandro Campos, retornando as atividades estava invicto, com 100% de aproveitamento e, por esta razão possuía a vantagem do empate. Acabou precisando dela, pois Jeferson desperdiçou a chance do título no sino, deixando o placar em 3x3.

Ouro
Classificação Geral:

Leandro
QPG
Adulto
Jeferson
AR
Adulto
Maicon
QPG
Master
Paulinho
Fênix
Adulto
Ednilson
Vasco
Adulto
Victor
Vasco
Adulto
Fabricio
QPG
Adulto
Rony
Fênix
Master
Pedro Prando
Fênix
Adulto
10º
Vitinho
Fênix
Sub 18
11º
Danilo
QPG
Adulto
12º
Inseto
Avulso
Adulto
13º
Fernando
QPG
Adulto
14º
Sebá
QPG
Adulto
15º
Lucas Jaka
Belavistense
Adulto
16º
Birigui
Belavistense
Adulto
17º
Fabiano
QPG
Adulto
18º
Léo
Belavistense
Adulto
19º
Snarf
Fênix
Adulto
20º
Joel
QPG
Adulto
21º
Paroski
QPG
Adulto
22º
Kauan
AR
Sub 18
23º
Pedro
AR
Sub 18
24º
Oswaldo
Marcilio Dias
Master
25º
Denis
Fênix
Adulto
26º
Tiago
AR
Adulto
27º
Costelinha
AR
Sub 18
28º
Pablo
AR
Sub 18
29º
Ailton
Fênix
Master
30º
João Pedro
AR
Sub 18
31º
Lucas
AR
Sub 18
32º
Stefany
AR
Sub 18
33º
Dioslan
AR
Sub 18
34º
Testa
Belavistense
Adulto

Curiosidades: Na primeira fase foram marcados 567 gols em 80 partidas, perfazendo uma média de 7 gols por jogo. Ednilson com 36 gols foi o artilheiro da primeira fase, enquanto Jeferson sofreu somente 9 gols.
Com 47 gols, Leandro foi maior artilheiro do dia, com média de 5.8 gols por partida. No entanto, a melhor média de gols por partida foi de Ednilson que marcou 40 vezes em 6 jogos, chegando a média de 6.6 g/j.

A primeira etapa acontece no dia 03/03 e contamos com a presença de todos!

domingo, 22 de outubro de 2017

ANO DO RENASCIMENTO DA LIGA UNIÃO!

No último sábado aconteceu em Bela Vista do Paraíso a última etapa da Liga União no ano de 2017. E para fechar com chave de ouro o belíssimo ano para o norte do Paraná, nada menos que 25 botonistas estiveram presentes.
Com a bolinha rolando a Série C contou com a presença de 11 botonistas que foram divididos em 3 grupos de 4. Na segunda fase os 4 melhores disputariam o quadrangular final, já garantidos na Série B.
Com isso, Costelinha (C. Antonio Raminelli) que desde o começou do ano mostrou grande evolução sagrou-se campeão, superando Kauan, seu colega de equipe. Os mais experientes Denis (LEC Futmesa) e Tiago (C. Antonio Raminelli) completaram o seleto grupo.

SÉRIE B
Devido a inúmeras ausências a Série B contou com somente 6 botonistas. Ou seja, a tranquilidade pairou sobre os atletas: não haveria rebaixamento. Porém, a briga pelo acesso foi até a última rodada e de forma emocionante.
Na última rodada todos brigavam pelo acesso e pelo título. Melhor para Fernando (QPG) que superou Leonardo (Belavistense) em uma “final” pelo placar de 5x4. Luan (Belavistense) que dependia somente de si para o título, acabou perdendo para Snarf (LEC) por 4x3, no entanto, o resultado não foi suficiente para o acesso de Snarf que precisava somente de mais um gol. Assim, Luan acabou subindo em terceiro.
Para completar, Flavinho (Belavistense) acabou ficando com o quarto lugar, voltando para a Série A em 2018.

SÉRIE A
Diferentemente da Série B, na elite tivemos a briga pelo título e também a briga pelo rebaixamento.  Com apenas 8 botonistas na divisão, a briga poderia ser ao mesmo tempo para o título e para o rebaixamento.
Assim foi com Lucas (LEC) ao perder o gol da vitória no sino contra Jeferson (Belavistense), 4x4 no placar e ameaça de rebaixamento.
A última rodada contou com confrontos diretos. Lucas, citado anteriormente enfrentou Maicon (QPG) que pagou pelo seu mal inicio. Durante o tenso jogo que perdesse acabaria rebaixado. Pior para Maicon que viu o seu adversário vencer pelo placar de 5x4.
Outro confronto direto era Birigui (LEC) e Rony (Fênix). Rony em situação delicada necessitava da vitória, que não veio. No final, 3x3 no placar e Birigui a salvo.
Na parte de cima, Jeferson (Belavistense) e Paulo Cesar (Fênix) jogavam pelo título. O empate não interessava nenhum deles, o vencedor comemoraria o último título do ano, no norte paranaense. No fim, a experiência prevaleceu 4x3 para Jeferson, sagrando-se campeão.
Sebá (QPG) ao vencer o cavalo paraguaio, Vitinho (Fênix) pelo placar de 4x0, acabou ficando com a segunda colocação.



O ano se encerra da melhor maneira possível. A LIGA UNIÃO no começo do ano estava desacreditada, com etapas com 10 pessoas e no ano de 2017 TODAS AS ETAPAS BEIRAVAM A 30 INSCRITOS. Futebol de mesa não pode viver somente de títulos e desempenhos em nacionais, pois isso uma hora acaba. A renovação precisava ser feita e estamos no caminho certo. 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

ETAPA MAIS EQUILIBRADA DO ANO!



Com um total de 29 botonistas, foi realizada no dia 23/09 a quinta etapa da Liga União. Como de costume, o sistema adotado foi o de divisão por séries com as já tradicionais brigas por acesso e luta contra o rebaixamento.

SÉRIE C
A “C” contou com 13 competidores, misturando iniciantes e botonistas mais experientes. Divididos em 2 grupos, onde os 2 primeiros colocados de cada um conseguiriam o acesso.
No grupo A, Flavinho (Belavistense) e Joel (QPG) valeram-se do favoritismo e ficaram a frente. No entanto, Joel não teve vida fácil, o acesso veio somente na última rodada e no saldo de gols, uma vez que Gustavo (Colégio Antonio Raminelli) conseguiu a mesma pontuação (16) mas acabou perdendo por apenas um gol de saldo.
No grupo B, tivemos o retorno de um multi campeão, Fernando Mazini (QGP). Fernando fazia uma competição impecável até ter pela frente o menino Diego (Colégio Antonio Raminelli) que, em um jogo preciso, superou o favorito e venceu pelo placar de 5x4. Fernando ainda avançou em primeiro lugar devido ao saldo de gols.
Nas semi finais, Fernando e Flavinho não tomaram conhecimento de seus adversários e se candidataram a briga pelo título da divisão.
Jogando bem, Fernando superou o rival pelo placar de 5x4 mostrando que  o tempo afastado não lhe prejudicou.

SÉRIE B
A Série B sempre possui histórias dramáticas. Em razão do equilíbrio é comum acontecer do botonista brigar tanto pelo acesso quanto pela permanência.
Desta vez não foi diferente. Com uma última rodada recheada de emoção, os meninos do Colégio Antonio Raminelli, Costelinha e Kauan, acabaram sendo rebaixados e terão que jogar a C.
Fabiano (QGP) talvez fosse um dos favoritos nesta divisão, porém, o grande equilíbrio acabou o colocando apenas na quinta posição, fora do G4. Já Paroski (Fênix), um apaixonado pelo esporte, valendo-se dos confrontos diretos, mesmo com a derrota na última rodada, conseguiu retornar a elite na quarta colocação.
Birigui (LEC Futmesa), figurinha presente na Série A, com uma arrancada surpreendente nas últimas rodadas conquistou o terceiro lugar.
Paulinho e Vitinho, em duelo do Fênix, terminaram invictos a competição, e melhor para o mais experiente. Paulinho, campeão!



SÉRIE A
A Série A contou com a última rodada mais disputada da historia. Nada menos que 5 botonistas podendo conquistar o título. A diferença do primeiro ao quinto lugar acabou sendo de apenas 3 pontos.
Lucas Sotana (LEC Futmesa) acabou pagando pelo péssimo inicio de competição, ficando com a quinta colocação. Jeferson Carvalho (bela-vistense) após perder confrontos diretos, conquistou apenas o quarto lugar.
Os três primeiros lugares foram decididos no saldo de gols. Talvez a situação mais fácil seria a de Sebá (QGP) que precisaria somente golearo cabisbaixo e já rebaixado Snarf (LEC Futmesa) mas não conseguiu, vitória pela diferença mínima.
Danilo (LEC Futmesa) acabou tendo a infelicidade de enfrentar o W.O na última rodada, ficando impossibilitado de aumentar o seu saldo.
Sobrou, portanto, para Maicon Gouvea (QGP) a missão de desbancar Jeferson e ainda tirar a pequena margem de saldo que era favorável a Danilo e Sebá. E conseguiu, no final 5x1 para o botonista que vem dominando as etapas até aqui.
Snarf e Ailton, ambos do LEC acabaram rebaixados.
A Liga União agradece novamente o espaço cedido junto ao Colégio Antonio Raminelli em Cambé/PR. A parceria, como visto, já tem dado resultado, a "molecada" já tem dado trabalho para os mais experientes.